NITROGLICERINA


y2

Certamente serei tendencioso ao falar sobre esse assunto, porque sou um admirador das mulheres. E não estou me referindo apenas a questões sexuais, mas ao conjunto que as compõe. Acho uma perfeição da natureza, vendo qualidades até mesmo onde a maioria enxerga imperfeições.

Hoje não escreverei a respeito de todas as mulheres, mas apenas sobre aquelas próximas dos 50 anos de idade.

Para tanto, é indispensável que cite as mais jovens. Se estas encantam pela vitalidade, exuberância física, pelo frescor da idade ou pelos sonhos e ideais que imaginam realizar no decorrer da vida, param por aí. Aqueles que preferem se relacionar com mulheres nessa fase, possivelmente irão substituí-las por “modelos mais novos”, quando essas características já não mais se fazem presentes.

Contraditoriamente não lembro de ter me relacionado com mulheres mais velhas, mas desde  adolescente tenho esse tipo de fantasia. É fato que as mulheres próximas das 5 décadas são encantadoras. E esse encanto provém das experiências de vida, da maturidade e do conhecimento, em sentido amplo, adquirido ao longo dos anos. As pessoas quanto mais velhas tendem a se tornarem mais sábias e bem resolvidas. Para as mulheres, percebo que essas características são potencializadas, constituindo-se em uma fase divisora de águas em suas vidas. Parecem paradoxais: quando se espera que seja um tempo de calmaria… acontece o inverso. Eu acredito, considerando a teoria das múltiplas inteligências, que as Hortênsias têm a inteligência intrapessoal e interpessoal muito mais evoluída que nos, Tsun’s. Penso que por volta dos 50 anos o momento é de ebulição, quando as certezas já estão parcialmente consolidadas e Elas plenamente seguras para tomarem decisões assertivas, decisivas e na maioria das vezes confusas – somente para observadores menos atentos.

Voltando a questão do paradoxo é comum as mulheres nessa faixa etária, não satisfeitas em relacionamentos de décadas, resolverem seguir suas vidas sozinhas, quando todos esperam que permaneçam “quietas”. Ou mesmo começarem a se comportar como sempre quiseram e nunca tiveram coragem, sem a menor preocupação com o que os outros possam dizer – isso inclui opções sexuais; prática de atividades diversas. É um momento de plena libertação.

Aprecio essa complexidade apresentada pelas mulheres, como diz Hortênsia, gosto de complicar o que é fácil e de facilitar o que é difícil.

Para finalizar, enquanto escrevia esse texto lembrei e associei as mulheres de 50 a uma substância que é a nitroglicerina: é líquida( logo bastante adaptável a vários ambientes e situações), explosiva, potente, facilmente transita de uma situação estável para uma condição de instabilidade e, principalmente, poucas pessoas tem habilidade para lidar com essa “substância”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s