Ócio pra que te quero!


32Hoje eu poderia escrever uma ode ao ócio:

Ócio pra que te quero
Se ao mesmo tempo em que te desejo
Com tanto tempo me desespero.
Não sei, se sei viver
Sem o tal do meu trabalho
Mas trabalho sem prazer.
Preciso criar um canto
Mas nessa vida de louco
Somente trabalho tanto
Que os dias vão passando
E se vão me produzindo
E eu, racionalizando.
E se paro, penso tanto
que de tanto pensar
Me vem o pranto.

Esse poeminha sem nexo me veio depois de ler novamente o texto de Domenico de Masi. Falando sobre criatividade, ele nos diz que ser criativo é saber unir fantasia e concretude. E diz que o ócio é necessário para que a criatividade aconteça. Mas se assim é, por que nos ensinam a ter culpa quando fazemos pausas?

Hoje nossas pausas são revestidas de ações. Em boa parte das vezes, vemos as pausas mais banais anunciadas: “indo dormir!”; “relaxando…”, e por aí vai nos instagrans e facebooks da vida. Se estão anunciadas, serão mesmo pausas ou é só um trabalho diferente? O trabalho de dizer ao mundo: “olha, eu estou parando só um pouquinho viu? Mas volto já, já”. Ou será que o trabalho no ócio é produzir a falsa impressão de felicidade? Ou e a culpa tão grande que é preciso dizer a todo mundo que estamos em off?

Eu sei, queridos leitores, o texto está mesmo confuso… O sentido dessa confusão toda é que criar dá muito trabalho. Entender as emoções, ter boas ideias, racionalizar sentimentos irracionais e colocar no mundo algo que seja legal, interessante e que alguém queira ler é, às vezes, mais cansativo que carregar pedras. E nada há de ócio por trás desse processo todo.

Término como iniciei: ócio, pra que te quero?

Beijos de uma flor cansada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s